h1

Essa tal felicidade…

30 de julho de 2010

Onde encontrá-la, como conquistá-la, é possível merecê-la? Essas e outras perguntas ecoam no nosso pensamento, conduzindo-nos a uma infinita viagem entre erros, acertos, culpas, desculpas, indecisões, prioridades mal priorizadas, riscos que rabiscaram o nosso viver.

São muitos os comportamentos, situações, respostas e reações que de uma forma ou de outra justificamos nossos fracassos e sucessos.

De fato a alma não quer calar, abate-se dentro de nós querendo um fim para algo que nos incomoda, e nos responsabiliza por estar agitada e aflita a procura do equilíbrio criador.

Queremos paz, estabilidade, queremos voltar a sonhar, ser felizes com  liberdade para viver em novidade de vida.

Um emaranhado de afazeres, um dia a dia corrido, uma agenda abarrotada de compromissos, muitas reuniões e encontros de interesses, não conseguem nos fazer sentir importantes ou preencher a mente e o coração que sofre por estar tão vazio, solitário, e com saudade dessa tal felicidade que um dia conhecemos e revelou-se numa vida simples.

Cargos e encargos, tarefas e desafios, metas a cumprir, posições a galgar tem nos afastado do propósito primeiro, razão da nossa criação… SER FELIZ NOS RELACIONANDO COM O NOSSO CRIADOR.

Os assédios e os desvarios do ter travestidos de felicidade, nos fazem muitas vezes cegar e ceder aos seus encantos, tão intensos, mas tão breves, tão alucinantes, mas tão devastadores.

Sentimentos e situações que provocamos para despertar em nós o sentimento de heroísmo, potência, auto-suficiência, na tentativa de mascarar a nossa humanidade falível e dependente.

Somos e seremos sempre seres dependentes, carentes, incompletos, em eterno estado de “vir a ser”. E assim dessa forma, desnutrindo o nosso eu poderoso e assumindo o Eu de Cristo, esse sim que tudo pode,  viveremos essa tal felicidade.

 (Cristiane Menezziê)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: